Este trabalho teve como foco principal o estudo dos processos de entrada de empresas estrangeiras no Brasil com o objetivo de responder à seguinte questão de pesquisa: Como auxiliar às empresas internacionais interessadas em se estabelecer no Brasil? Para responder à pergunta acima, o objetivo principal do trabalho foi propor um modelo de fluxo de ações e cuidados a serem tomados para que o dirigente executivo da empresa estrangeira possa se basear e assim, melhor se preparar para a execução de um plano de entrada no mercado brasileiro. A estrutura teórica utilizada para dar apoio ao estudo está dividia em três grupos: As teorias de internacionalização, mostrando a sua evolução no tempo. O segundo grupo descreve os principais modos de entrada de uma empresa em outro país, destacando suas vantagens e características. O terceiro grupo, apresenta as barreiras potencialmente encontradas à entrada de uma empresa em um país estrangeiro.

O método utilizado para o desenvolvimento deste estudo, incluiu, além da pesquisa teórica, o desenvolvimento e aplicação de entrevistas exploratórias com quatro empresas estrangeiras, em que os achados revelaram os modos de entrada utilizados e as razões de escolha de cada uma, bem como as barreiras à entrada e os problemas enfrentados por falta de um plano pré-expansão. A terceira etapa foi constituída de uma abordagem em formato de entrevista com entidades brasileiras de fomento à internacionalização de empresas no Brasil, para entender quais os critérios e processos essas entidades aplicam a suas empresas clientes estrangeiras. Para concluir o método, a quarta etapa foi outra pesquisa, juntamente com um grupo seleto de especialistas consultores em expansão internacional, com o objetivo de validar tais critérios mencionados nas duas pesquisas anteriores. O resultado foi um modelo de fluxo de ações e critérios a serem observados na etapa pre-expansão como a busca por network local, a visita ao país anfitrião de interesse com a participação em rodadas de negócios e desenvolvimento de pesquisa do mercado para o apoio em informações que servirão à continuidade ou não ao plano de expansão. Em sequência, outros critérios que foram mencionados nas pesquisas foi a listagem das potenciais barreiras à entrada e os modos de entrada com suas vantagens e desvantagens para o mercado e a empresa interessada. Por fim, foi mencionado a importância de preparar o plano de negócio e sua implementação, baseados no tempo e custos de investimento encontrados, seguido da fase de acompanhamento com visitas e auditorias locais.

Problema de Pesquisa: Processo de entrada de empresas estrangeiras no Brasil

Ano: 2018

Palavras Chaves: Internacionalização de empresas; Modos de entrada; Empresas entrantes no Brasil; Expansão internacional.

Autor(es):

Fabrício Zanella de Bortoli; Martinho Isnard Ribeiro de Almeida

Clique aqui e acesse este artigo completo